7 Benefícios da Homilética para o Pregador

benefícios da homilética para o pregador

Veja os 7 Benefícios do estudo da Homilética para o Pregador e o quanto ela pode contribuir para o desenvolvimento do ministério da pregação.

7 Benefícios da Homilética para o Pregador:

  1. Conscientiza o pregador de sua missão;
  2. Possibilita a elaborar melhores sermões;
  3. Ajuda na elaboração de sermões relevantes;
  4. Melhora o desempenho no púlpito;
  5. Permite profundidade no conhecimento;
  6. Aproxima o pregador do altar;
  7. Motiva o pregador a estudar sempre.

1. Conscientiza o pregador de sua missão

Como pregadores da Palavra, precisamos ter em mente que somos porta-vozes do Senhor e simples instrumentos.

A mensagem é do Senhor, pois, é Ele quem determina o que devemos pregar.

A inspiração e a capacitação vêm dele.

Por isso, qualquer pregador, por mais preparado e eloquente que pareça ser, sem Deus só faz barulho.

É somente colocando-nos nas mãos do Senhor que podemos fazer sua obra com eficaz!

É tornando-nos dependentes das suas ordens, sensíveis à Sua vontade, que podemos realizar o glorioso trabalho de, através da pregação, levar salvação aos perdidos e edificação aos salvos.

2. Possibilita a elaborar melhores sermões

Os ouvintes dão graças a Deus quando têm o seu pastor no rol dos que investem tempo na elaboração de seus sermões.

A realidade é que quanto mais tempo passamos em oração, estudo, meditação e interpretação da Palavra, e mais tempo dedicamos à elaboração da mensagem, tanto mais condições temos de pregar com objetividade e clareza.

O tempo gasto na administração da Igreja, no trabalho de visitação e no aconselhamento possibilitará o conhecimento das
necessidades do povo, o que é importante para que a pregação possa ser, de fato, relevante, capaz de alcançar corações.

Todavia, o tempo que o pastor gasta nos estudos é indispensável.

O trabalho de estudar faz o pregador crescer espiritualmente e lhe dá condições de conhecer e aplicar as técnicas mais adequadas à elaboração e à comunicação de suas prédicas.

É impossível uma boa apresentação, sem uma boa elaboração.

Um bom sermão é o resultado de muito tempo de estudo e preparo diante de Deus.

3. Ajuda na elaboração de sermões relevantes

A preocupação com a forma tem sentido para tornar mais claro e objetivo o conteúdo da mensagem, tornando a comunicação mais agradável e penetrante.

Entretanto, um sermão com uma boa forma e sem conteúdo é como o algodão doce, pode até impressionar a alguns, mas não permanece; pode ser até bonito, mas não alimenta; pode até atrair, mas não passa de água com açúcar.

pregador-de-qualidade-biblioteca-do-pregador

4. Melhora o desempenho no púlpito

John Jowett enfatizou a importância do trabalho do pastor em seu gabinete, citando a história de um famoso juiz inglês, Lord Bowen.

Ao falar sobre o êxito no tribunal, Bowen afirmou: “As causas são ganhas no quarto”.

Depois de mencionar tal fato, Jowett acrescentou:

“Se o advogado deve praticamente vencer o júri antes de o defrontar, pela vitoriosa força e influência dos seus preparativos, será diferente com o pregador, antes de procurar o veredicto da sua congregação? Conosco também as causas são ganhas no quarto”.

O bom pregador será um estudioso incansável da Palavra de Deus e das técnicas para melhor comunicá-la, procurando conhecer o homem, suas necessidades e potencialidades, e o contexto social no qual está inserido.

5. Permite profundidade no conhecimento

O estudo da Homilética dá ao pregador a oportunidade de conhecer as disciplinas bíblicas e outras que ajudam na sua interpretação, como hermenêutica e exegese.

Enseja o conhecimento da teologia para saber mais sobre Deus e Sua revelação aos homens.

Permite, ainda, a utilização das matérias que possibilitam uma melhor compreensão do homem, como filosofia, antropologia, psicologia, sociologia, pedagogia, comunicação e marketing, além do imprescindível domínio da língua portuguesa.

6. Aproxima o pregador do altar

Através do estudo da Homilética, chegamos à compreensão que a chamada para pregar é um desafio completo.

O Senhor não nos chama somente para falar ao povo, mas, Ele nos chama para viver com o povo.

E para sermos porta-vozes do Senhor é necessário que nossas vidas estejam no seu altar.

Quem quiser tornar-se um pregador da Palavra tem que se deixar dirigir pelo Senhor da Palavra.

Pregação é vida! Assim, pregar é falar de coração a coração.

Por isso, como pregadores, devemos pregar não apenas com vida, mas com a vida, pois, o pregador que não pode viver as palavras que fala, precisa calar e viver.

7. Motiva o pregador a estudar sempre

Um estudante, na reta final de seu curso, cansado com tantas pesquisas, falou ao colega que seu maior desejo era ver chegar o dia da formatura para poder fechar os livros.

O colega, menos ingênuo, respondeu que o bom profissional tem, a partir da formatura, maior obrigação de abrir os livros.

E na vida do pregador esta é uma realidade marcante.

Não basta simplesmente ler para a elaboração de um sermão.

A vida do pregador deve ser de constante estudo.

É de Charles Haddon Spurgeon o conselho ao pregador:

“Domine os seus livros. Leia-os completamente (…) Leia-os e releia-os, mastigue-os, e digira-os”.

Portanto, o estudo da Homilética deve nos ensinar que quanto mais aprendemos, mais precisamos aprender.

Por mais que saibamos, ainda pouco sabemos.

Esses são os 7 Benefícios da Homilética para o Pregador! Portanto, aproveite todos os benefícios da Homilética e conheça agora o Curso Pregador de Qualidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima